Nos anos em que aprendi e dei aula de inglês para o ensino médio (ginásio para alguns de nós), notei que os alunos tinham uma deficiência nos conhecimentos mais básicos de vocabulário e de gramática que impedia o avanço nas matérias. O que eu e os alunos tínhamos diante de nós era um círculo vicioso: temos algo novo para aprender, mas não vamos aprender para revisar o básico e isso repetidamente todos os dias, todos os meses e até alguns anos. Você e eu podemos conversar bastante sobre isso: podemos falar de quem é a culpa, erros metodológicos, pedagógicos, má vontade, ocupação das salas de aula, rebeldia, blá blá blá. Mas não se assuste, este texto não é mais um desabafo para desafogar as mágoas. Seu propósito é dar algumas dicas (ou uma dica) para que o verbo SEIN (ser/estar) não seja o próximo TO BE.

Atenção para a dica:

MEMORIZAÇÃO

Pois é. Só isso. Decore o verbo SEIN numa tacada. Leia, ouça, repita até não errar.

Depois de decorar, seja ativo, escreva o que você aprendeu num papel e fale fora da ordem.

Faça isso uns dois dias durante uns cinco minutos e voilá, você já terá o verbo SEIN pronto para continuar seu progresso.

Ouça aqui o verbo SEIN (ser/estar)

O verbo SEIN equivale aos verbos ser e estar em português.

Ich bin


(eu sou/ eu estou)

Du bist


(tu és/ tu estás = você é/está)

Sie sind


(Sr. Sra é/está)

Er ist


(Ele é/está)

Sie ist


(Ela é/está)

Es ist


(Ele, ela é/está)

Wir sind


(Nós somos/estamos)

Ihr seid


(Vocês são/estão)

Sie sind


(Sres, sras são/estão)

Sie sind


(Elas/eles são/estão)